Labrador: 4 Curiosidades Sobre a Raça

Quando pensamos em um cachorro alegre e perfeito para companhia, é difícil não pensar no labrador. Uma raça da classificação retriever, sendo um primo próximo do golden retriever e do chesapeake bay retriever, o labrador é bastante dócil e familiar, sendo uma excelente companhia para o ambiente familiar.


Ao mesmo tempo, ele é bastante inteligente e disciplinado, podendo trabalhar como cão policial, resgatando pessoas soterradas e até como cão guia. Separamos abaixo 4 curiosidades sobre essa raça tão amada pelos pais e mães de pet. 


  • Origem da raça

  • Como dito acima, o labrador é um cachorro retriever, que é da mesma família que raças como o golden retriever, o chesapeake bay e o curly coated. A palavra retriever significa “recolher” ou “buscar”, isso porque cães desse subgrupo eram usados na caça, para recolher aves abatidas pelos atiradores. 



    O labrador descende de uma raça de cachorros chamada Terra Nova, que surgiu em uma região chamada “Labrador”, localizada no noroeste do Canadá. Em meados de 1800, essa raça foi levada pelos colonizadores para a Inglaterra e cruzou com outros cães retrievers, dando origem ao moderno labrador. 


  • Cão Policial

  • Alguns países utilizam o labrador como cão policial. Essa raça possui um olfato muito aguçado, o que faz com que ele seja muito bom em identificar drogas e outras substâncias ilícitas. Além disso, por ser uma raça inteligente, ele é facilmente treinado para ajudar agentes de segurança e policiais. 


    O seu olfato aguçado permite que ele identifique explosivos também. Ele também é usado em missões de resgate graças a essa característica, isso porque ele consegue localizar pessoas que estejam soterradas.


  • Cão-guia

  • O labrador é usado para guiar pessoas cegas. Por ser inteligente e facilmente adestrável, e ao mesmo tempo terem um perfil dócil e amigável, os labradores são excelentes guias para quem perdeu a visão.

    Eles são treinados desde que são filhotes para esse trabalho. Famílias voluntárias cuidam dos pequeninos durante os primeiros meses de vida. Depois disso, ele passa a ser cuidado por um treinador, que passa a ensiná-lo a desviar de obstáculos, atravessar a rua na hora certa e ter os comportamentos necessários de um cão guia. 


  • Comportamento dócil e energético

  • Quando falamos que o labrador é usado para caça e operações policiais, pode dar a entender que ele é um cachorro agressivo. No entanto, é o contrário. O labrador é uma das raças mais dóceis que existe. Ele tem muita facilidade para se adaptar a lares e famílias, e pode inclusive conviver com crianças.


    Ele também é bastante enérgico e agitado, gosta de correr e se movimentar bastante. Por isso, é muito bom levar essa raça para passear ou soltá-lo em um lugar aberto para que ele possa correr, claro, tomando os cuidados devidos.