Bem-estar animal: 5 dicas para melhorar a qualidade de vida de seu cachorro

Hoje queremos falar sobre o bem-estar animal, para isso, vamos compartilhar cinco dicas para melhorar a qualidade de vida de seu pet. Se você é um (a) tutor (a)  dedicado (a), continue lendo este artigo e saiba sobre:


  • Boa alimentação
  • Mantenha o lar de seu pet sempre limpo e seguro 
      • Evite momentos de estresse  
  • Deixe as vacinas e vermífugos em dia 
  • Saiba porque o seu pet precisa de um pingente de identificação

  • Leia também: Pingente para pet: 5 motivos para ter um para o seu pet 


    Boa alimentação


    Você sabia que a alimentação pode influenciar no bem-estar animal? Quanto melhor for a nutrição do pet, conforme a necessidade do organismo e metabolismo, mais  qualidade de vida terá. Na dúvida sobre o que incluir ou não na rotina alimentar do animalzinho, consulte o veterinário para saber o certo. Alguns tutores preferem alimentar os seus pets apenas com ração, enquanto outros optam por uma alimentação mais natural, com alimentos que os pets podem ingerir. É muito importante saber quais alimentos podem fazer parte da alimentação e assim proporcionar bem-estar animal. Pensando nisso, listamos a seguir alguns alimentos que não pode dar para o cachorro. Confira!


    • Doces e chocolates;
    • Cebola, alho e temperos;
    • Carnes cruas;
    • Osso de galinha;
    • Leites e derivados;
    • Pão.

    Os gatos também precisam desses cuidados especiais na hora de escolher os alimentos diários,  confira as comidas que os gatos não podem ingerir!


    • Doces e chocolates;
    • Cafe;
    • Atum, sardinhas e comidas enlatadas;
    • Açúcar;
    • Temperos.

    Agora que você já conhece a importância de uma boa alimentação e quais alimentos não devem ser consumidos pelos  gatos e cachorros, chegou o momento de rever a alimentação de seu pet!    


    Mantenha o lar de seu pet sempre limpo e seguro  


    O ambiente onde o seu pet costuma ficar, deve ser sempre limpo e seguro, assim o seu pet se sentirá mais à vontade e menos estressado. O acúmulo de sujeira pode prejudicar o bem-estar animal, com isso é necessário fazer a higienização do banheiro do pet com frequência, procurar limpar sempre os potes de comida e água, lavar a mantinha ou o cobertor que o animalzinho costuma dormir, além disso é muito importante manter os brinquedos limpo. Cuidados como esses, ajudam a reduzir o acúmulo de bactérias e o pet ficará mais feliz.   


    Deixe as vacinas e vermífugos em dia   


    As vacinas e vermífugos de seu pet estão em dia? Se a resposta for não, pare tudo o que estiver fazendo e agende as vacinas com o veterinário de seu pet. Mas se a resposta for sim, parabéns! Você é um tutor (a) responsável, que reconhece a importância da prevenção. As vacinas são extremamente importantes para prevenir doenças e garantir o bem-estar animal. Inclusive, o vermífugo também é fundamental para a saúde de cães e gatos, pois ele protege o pet contra doenças causadas por vermes, assim como o aparecimento de lombrigas.


    Para saber se o pet está com verme, fique atento a alguns sinais, normalmente o pet pode apresentar sintomas de diarreia ou fezes moles, em alguns casos é possível ver a presença de pequenos vermes. Além disso, o pet pode ter vômitos, pelos secos e sonolência. Caso perceba alguma anormalidade, leve o seu animalzinho ao veterinário. 


    Evite momentos de estresse     


    Evitar momentos de estresse é uma forma de zelar pelo bem-estar animal, por isso observe o que o seu pet gosta de fazer e o que causa incômodo ao bichano. Por exemplo, existem brincadeiras que podem ser prazerosas, mas também existem brincadeiras que podem desencadear o estresse. O ideal é procurar evitar situações estressantes e procurar por opções que agradem o pet.


    Saiba porque o seu pet precisa de um pingente de identificação


    A identificação do pet também é um gesto de amor e carinho. Quem ama protege até mesmo quando os olhos não podem ver.  Para isso, o nosso pingente ajuda a encontrar o pet com mais segurança e praticidade em situações de fuga.  


    Gostou do nosso conteúdo? Para saber mais sobre as nossas soluções, fale agora mesmo com um de nossos consultores, clique aqui.